O que é Google Analytics 4 e como funciona

google analytics 4

Compartilhe este post

Recentemente, o Google anunciou o lançamento do Google Analytics 4 – que se tornou a versão padrão do software de coleta de dados e análise de tráfego da web. Mas o que isso significa para os profissionais de marketing e como ela se compara à versão tradicional? 

A ferramenta de relatórios do Google Analytics é amplamente utilizada por empresas e sites para rastrear a interação do usuário em domínios da web, aplicativos para dispositivos móveis e APIs offline, com o objetivo de mensurar a quantidade de tráfego na Web que recebem, monitorar canais de marketing importantes e medir seus principais KPIs. 

O Google Analytics 4 conta com recursos importantes que o diferenciam da versão anterior e modernizam a plataforma, especialmente no que diz respeito às novas leis de proteção de privacidade. Continue acompanhando e descubra como funciona esta novidade.

Entendendo o Google Analytics 4:

O Google descreve o propósito do novo Google Analytics 4 como um combo poderoso: uma abordagem de última geração para rastreamento “privacidade em primeiro lugar”, medição de canal X e dados preditivos baseados em Inteligência Artificial, tudo de uma só vez. 

O Google Analytics 4 foi desenvolvido na mesma plataforma para o sistema “App+Web” lançado em 2019, que teve como foco principal os dados entre canais. O que significa que deu aos profissionais de marketing uma maneira de rastrear usuários em aplicativos, software e um site.

Sendo assim, o principal objetivo da novidade é mudar a forma como os dados são mostrados para focar nos usuários – principalmente na jornada do usuário, desde a primeira visita até a conversão final. 

Por fim, outro ponto importante é que o processamento de aprendizado de máquina neste novo Analytics permite o preenchimento de lacunas onde as empresas não conseguem entender sua base de clientes completa devido a usuários que optam por não usar cookies e coleta de dados. Ao aplicar os modelos avançados de Machine Learning do Google, o novo Analytics pode preencher dados sobre o tráfego do site e o comportamento do usuário.

A necessidade de algo como o Google Analytics 4 vem, em grande parte, das novas leis de proteção de privacidade (como o GDPR e o CCPA). Empresas que usam o Universal Google Analytics tradicional podem ter problemas com dados imprecisos ou ausentes devido às opções de consentimento de cookies exigidas por essas leis.

Benefícios do Google Analytics 4

1) Integração mais profunda com o Google Ads

O Google Ads é uma das principais ferramentas de marketing do Google. Se você ainda não anuncia na plataforma, confira 5 motivos que vão te convencer e corra para descobrir como criar a sua conta no Google Ads.

Os profissionais de marketing podem manter e criar facilmente o público de seus visitantes na Web e no aplicativo. Se os usuários qualificados para uma lista de público concluírem uma compra no aplicativo, a lista será atualizada automaticamente para remover o usuário da lista de público. Isso é feito para que esse usuário específico não seja redirecionado com anúncios.

2) Previsões e insights com inteligência artificial

Nesta nova versão, além dos insights do Machine Learning, o Google Analytics 4 apresenta alertas para ajudar os profissionais de marketing a ficarem a par das últimas tendências de dados, como o aumento da demanda por um produto vendido por eles. Eles podem usar o Google Analytics 4 para prever resultados, como a receita potencial que uma empresa pode obter de um determinado subconjunto de clientes e taxas de cancelamento, entre outras métricas importantes. Esses insights podem ajudar os profissionais de marketing a preverem ações que seus clientes podem fazer a longo prazo.

3) Acompanhamento de eventos sem código 

Os recursos sem código expandidos do Google Analytics tornam bastante simples para os profissionais de marketing medirem e rastrearem ações no aplicativo e no site em tempo real. Isso pode ser uma reprodução de vídeo ou uma rolagem de página e pode ser feito sem a necessidade de adicionar código ou configurar o acompanhamento de eventos no Gerenciador de tags do Google. No Universal Analytics, o acompanhamento de eventos exigia processamento adicional, que incluía a latência e os dados não disponibilizados até o dia seguinte.

4) Relatórios enquadrados no ciclo de vida do cliente

Essa é uma diferença importante entre o Universal Analytics e o Google Analytics 4 em termos de organização dos relatórios. Os relatórios agora estão organizados para ajudar os profissionais de marketing a se concentrarem em aspectos específicos da jornada do cliente. Por exemplo, você pode observar quais canais estão gerando novos clientes no Relatório de aquisição de usuários, bem como os Relatórios de Retenção e Engajamento podem ser usados ​​para analisar e entender as ações do cliente. 

5) Controles de dados do usuário

O Google Analytics 4 oferece opções para ajudar os anunciantes a cumprirem várias regulamentações de dados. A novidade vem com um modo de consentimento projetado para sites que desejam obter o consentimento do usuário final para coletar dados analíticos. Esse modo oferece opções de consentimento separadas para anúncios e análises. Nesta nova versão, os recursos de exclusão de dados também foram aprimorados, permitindo que as empresas cumpram as solicitações de exclusão dos usuários. Eles podem fazer isso sem ter que remover mais dados do que o necessário. Ele também inclui um modo de visualização para as empresas verificarem os dados que estão prestes a excluir.

Novos recursos do Google Analytics 4

Aproveite e confira também alguns novos recursos exclusivos do Google Analytics 4:

  • O Google Analytics 4 permite que profissionais de marketing editem, corrijam e ajustem a maneira como os eventos são rastreados em suas análises, sem precisar editar o código no local.
  • A importação de dados agora pode incluir uma ampla variedade de dados de fontes que não são do site (como aplicativos, por exemplo), tudo em uma única propriedade.
  • O acompanhamento de vários domínios que também não requer ajustes de código pode ser feito na interface do usuário.
  • O Google Analytics 4 está focado em fornecer aos profissionais de marketing uma compreensão da jornada do cliente. É mais focado em medir uma jornada de compra de ponta a ponta em vez de métricas individuais em páginas, segmentos ou dispositivos.

Quer saber mais sobre o Google Analytics 4, ou precisa de ajuda profissional para implementar a ferramenta na sua empresa? Entre em contato com os nossos especialistas!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba atualizações periódicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia mais

Gostou do conteúdo?

Qualquer dúvida, por favor contate-nos utilizando o botão abaixo